slide

09 agosto 2015

A Desconstrução de Mara Dyer

Se você acompanha os booktubers como eu você com certeza já ouviu falar da trilogia Mara Dyer, que está dominando e fazendo a cabeça de vários leitores. Ao ouvir as críticas e resenhas não exitei em acrescentá-lo a minha lista, até que ganhei de aniversário o primeiro livro, A Desconstrução de Mara Dyer da autora Michelle Hodkin, publicado pela editora Galera.



Mara Dyer para agradar sua melhor amiga Rachel, que tem um gosto peculiar pelo sobrenatural decide participar do jogo de tabuleiro Ouija. Depois daquela noite, Mara sofre um acidente após um sanatório abandonado desabar, matando seu namorado, a irmã do rapaz e sua melhor amiga. Ela e sua família mudam de cidade para recomeçarem, e isso parece ser mais difícil do que parece, já que ela está tendo alucinações ou será que está sendo assombrada? O que Mara e os outros jovens faziam naquele sanatório?
Eu não diria que eu adorei o primeiro livro dessa trilogia mas com certeza estou ansiosa pela sequência, ainda há muito o que descobrir, várias perguntas surgiram na minha cabeça.
Apesar da proposta da história com essa pitada de terror, eu que sou extremamente medrosa, não senti medo enquanto a personagem via seus fantasmas. A premissa é muito nova para mim e muito interessante também e isso pode render à continuação o título de melhor livro do ano.

No entanto os personagens principais deixaram muito a desejar, Mara Dyer é instável, o que se espera de alguém que passou por um trauma, mas eu simplesmente não entendia certas escolhas/atitudes burras que ela tinha, estava de saco cheio do ceticismo dela, e ai vem a parte que deixava mais confusa, as vezes ela agia de forma imatura e as vezes, em algumas situações tinha uma epifania de coragem e determinação que beirava muito a teimosia.
Noah o suposto par romântico de Mara é um garoto inteligente, sarcástico, provocante e misterioso. Já não vimos isso antes? Tipo em quase todos os livros? Ele é o tipo de bad boy que atrai todas as garotas. No finalzinho do meio ele se torna intrigante.
Esses dois personagens renderam um romance morno e clichê, e olha que eu adoro os romances, mesmo os água com açúcar. Era do tipo que quando rolava a química entre eles você não sentia isso.
Algumas coisas são até previsíveis mas o final eu não esperava de jeito nenhum, estava até achando que mais nada iria acontecer, faltavam mais ou menos umas vinte páginas para acabar e ai começam a acontecer coisas e...BAM. Acontecem coisas, aparecem pessoas e você fica se descabelando porque não tem a sequência ainda e não sabe o que diabos a autora fez.
Para mim A Desconstrução de Mara Dyer formula mais perguntas do que respostas e talvez isso tenha sido uma estratégia e deu certo comigo. Aguardo a continuação, com expectativas para uma melhora nos personagens, para esclarecer as milhares de dúvidas, para um romance mais envolvente e para o desenrolar de um grandioso mistério.



É isso, se você já leu algum livro da trilogia Mara me conta nos comentários o que você achou, vou adorar saber, e se você ainda quer ler me conta o que achou da resenha, se eu te desmotivei ou não hehe. Um abraço e até o nosso próximo papo literário.

7 comentários:

  1. Depois de ler seu post fiquei curiosa para ler o livro. Vou comprar sim. bjus
    ❀ ✿ ✾ ✽meusdoisminutos.com✈ ✈ ❥

    ResponderExcluir
  2. Fiquei curiosa pra ler o livro , me parece ser muito bom e interessante

    :http://eesmaltecia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Babi confesso que fiquei muito, muito curiosa msm e já quero saber o desenrolar dessa história.

    ResponderExcluir
  4. Andie que bom que ficou curiosa, corre e da uma lidinha, quem sabe vc não gosta hein?
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Babi, eu esta curiosa, mas agora fiquei em dúvida!
    COXO, Vic (corujasdepassarela.wordpress.com)

    ResponderExcluir
  6. Babí, não sei exatamente o motivo mas a história de algum modo me lembrou a saga Fallen, já leu?
    A história de um acidente que marca a protagonista e a mesma carrega isso e tal... fiquei curiosa, assim como estou louca pra ler os outros livros da saga Fallen que ainda não li, muito mais influenciada pela sua curiosidade do que pelo que contou do livro coloquei na minha listinha de leitura...
    Como sempre uma resenha instigante. <3

    Quando eu ler volto aqui pra te agradecer, ou não... ahahahahah

    Beijão!!

    ResponderExcluir
  7. Dri eu li Fallen, aquela capa linda de tirar o fôlego! E realmente o acidente que as protagonistas presenciam é uma semelhança, mas vc vai perceber que a Mara Dyer não é tão vítima quanto parece heheh.
    Também não faço ideia se vc vai gostar, eu mesma estou em dúvidas se gostei kkkk
    Então espero vc me dizer.
    Beijos

    ResponderExcluir